NOTÍCIASFIM DE SEMANA EM ANÁLISE
< voltar
FIM DE SEMANA EM ANÁLISE

CAMPEONATO NACIONAL ANDEBOL1 - FASE FINAL GRUPO “A”


 

SL BENFICA - ABC/UMINHO


 

Defrontavam-se duas equipas com objectivos actualmente idênticos neste campeonato, julgamos que a conquista de um lugar no pódio deste campeonato pode ser prioritária, pois os dois lugares cimeiros só deverão estar ao alcance de duas equipas, a do FC Porto e do Sporting CP.


O ABC vinha de uma vitória muito importante contra o FC Porto, sendo esta a única em três jogos realizados nesta fase final do grupo A, com a equipa ainda a ressentir-se um pouco das inúmeras lesões que tem acontecido e até das saídas de jogadores com a época já em curso, assim como, com a sobrecarga de jogos e quilómetros realizados na sua participação na Champions League.


Por sua vez, a equipa do SL Benfica também teve algum desgaste na participação na fase de grupos da EHF CUP, mas a sua prestação a nível nacional é por todos reconhecido como ficando um pouco aquém das possibilidades do investimento efectuado pelo emblema lisboeta.


O jogo de hoje tinha por isso, algumas condicionantes que o tornavam importante para o futuro imediato das duas equipas, pois uma vitória deixava a equipa que a pudesse conseguir em melhor posição para atingir o pódio deste campeonato.


Com uma primeira parte extremamente equilibrada, o marcador foi evoluindo para que esse mesmo equilíbrio fosse espelhado, ou seja, ao intervalo uma igualdade a 13 golos era o resultado.


Na segunda parte e mais para o final da mesma, o SL Benfica consegue vantagem que materializa em golos, conseguindo um resultado final bastante dilatado em relação ao desenrolar do jogo nesta segunda parte, assim no final vitória benfiquista por 33-23.


Na próxima jornada a equipa do ABC recebe a do Aguas Santas, no pavilhão Flávio Sá Leite em Braga, em jogo a contar para a 4ª jornada desta fase final.



 

CAMPEONATO NACIONAL ANDEBOL1 - FASE FINAL GRUPO “B”


 

AC FAFE - BELENENSES


 

O AC Fafe depois de revés que teve com a decisão do Conselho de Disciplina da Federação de Andebol de Portugal, em que foram-lhe retirados vários pontos na sua classificação, colocando-o numa posição da cauda da tabela classificativa tinha hoje a possibilidade em caso de vitória reverter um pouco essa mesma sanção disciplinar.


As duas equipas na última jornada conseguiram resultados diversos, com o Belenenses a vencer no seu pavilhão a equipa do S. Mamede e a do AC Fafe a deslocar-se ao do Boa Hora e perder.


Por esses motivos, o jogo de hoje tinha importância acrescida, no entanto face aos condicionalismos apresentados pelo AC Fafe para esta partida, com várias baixas importantes no seu plantel, casos do guarda-redes Bruno, Vladimiro e Sampaio.


O jogo iniciou-se com o Belenenses a ganhar vantagem até aos 1-3, para os locais empatarem a 3-3 à passagem dos 6m21s.


Nova vantagem para os lisboetas que conseguem chegar aos 4-8, com 13m50s de jogo, aí o técnico Luís Silva solicita o seu primeiro Time Out.


Esta paragem não conseguiu estancar a evolução do marcador a favor dos lisboetas, pois o mesmo passou para os 4-11, tendo o AC Fafe reduzido para os 5-11 decorriam 19m21s.


Nova investida do Belenenses e o marcador atinge a sua marca mais desnivelada 6-14, o cronómetro não parava e estava nos 21m50s.


O AC Fafe reentra no jogo e faz sucessivamente os 9-15, 12-16 e em cima da hora finaliza e fixa o marcador nos 13-16.


Foi uma primeira parte em que o domínio do jogo e marcador pertenceu quase sempre ao belenenses, com a equipa do AC Fafe a perder inúmeras bolas no ato de finalização.


Na segunda parte, o AC Fafe entrou com um golo a seu favor 14-16, e mantêm a diferença dos 2 golos aos 15-17 e 16-18, com o cronómetro a assinalar os 36m24s, para de seguida aos 38m47s passar para os 16-20.


Continuava o problema maior desta equipa do AC Fafe, a concretização, por vezes em situações relativamente fáceis.


O marcador continua nos 5 golos de diferença a favor do Belenenses, 18-23, 19-24 e 20-25.

Mas ainda essa diferença foi maior de 6 golos aos 20-28 e 21-27.


Eis que nos últimos 5 minutos surge um AC Fafe demolidor e faz um parcial de 6-0, passando o marcador para uma igualdade a 27-27, com o técnico do Belenenses pelo meio aos 57m05s a solicitar um Time Out, com o marcador nos 24-27.


Tudo parecia que estava então resolvido o jogo, com 59m14s, o AC Fafe em posse da bola falha, para o Belenenses num último ataque depois de duas faltas sucessivas e uma terceira falta a seu favor, com o cronómetro nos 59m56s, a 4 segundos do fim, consegue marcar e colocar um ponto final no jogo e marcador, vencendo por 27-28.


Foi a desilusão total depois daquela recuperação que estava a tornar-se épica e relevante, tendo havido a possibilidade do AC Fafe passar mesmo para a frente do marcador.


Podemos dizer que mais uma vez a equipa de Luís Silva “morreu” na praia, mas enfim, com as lesões e até a falta de eficácia atacante durante grande parte do jogo, assim como a pouca eficácia dos guarda redes durante grande parte do jogo, tudo conjugado permitiu ao Belenenses ser feliz, num jogo que nos pareceu não ser em nada superior ao adversário, o AC Fafe.


Com esta derrota a equipa do AC Fafe está na mesma posição relativa de antes desta jornada, terá que lutar ainda mais pela conquista de pontos, que lhe permita no final ser uma das que se vai livrar da descida.


Na próxima jornada, sábado dia 14 de Abril, pelas 21 horas o AC Fafe desloca-se a Braga para defrontar a equipa do Arsenal LXS Group, num jogo que para além de se poder considerar um dérbi, também muito vai ser importante para as duas equipas em questão de pontos conquistados e posicionamento na tabela classificativa, a não perder.



 

CAMP. NACIONAL 2ª DIVISÃO SENIORES - Z. NORTE - F. FINAL


 

SANTO TIRSO - XICO ANDEBOL

 

Este jogo correspondente à 2ª jornada do nacional da 2ª divisão da fase final tinha a importância de se encontrarem duas candidatas à subida de divisão que se apuraram na mesma série da 1ª fase.


Na jornada inaugural ambas conseguiram, ou cederam empates nos jogos realizados, o Xico Andebol na situação de visitado contra o S. Bernardo, enquanto o Santo Tirso na situação de visitante na deslocação a S. João da Madeira.


Esta fase final que comporta 10 jornadas e que vai dar acesso às duas equipas classificadas nos dois primeiros lugares ascenderem à 1ª divisão na próxima época, tem jogos extremamente equilibrados e de prognóstico muito difícil de vaticinar, um deles era com certeza este jogo.


O jogo entre dois candidatos foi equilibrado, com um pouco de ascendência da equipa tirsense, nomeadamente no segundo tempo.


Na primeira parte o jogo esteve sempre controlado por ambas as equipas que assim chegaram ao intervalo com um resultado que permitia a qualquer uma das duas vencer o jogo, ao intervalo o Santo Tirso estava na frente do marcador por 13-11.


Na 2ª parte continuou o jogo a ser ter ligeiro ascendente da equipa de santo Tirso que assim no final veio a vencer por 5 golos de diferença, 26-21.


Com esta vitória a equipa de Santo Tirso está colocada em 3º lugar com 5 pontos, tantos quantos o 2º classificado que é o S. Bernardo, liderando o Vitória de Setúbal que conta também 5 pontos.


O Xico Andebol está em 5º lugar com 3 pontos, por isso, está tudo em aberto para todas as equipas, esperando por mais jogos para se poder aquilatar em definitivo das possibilidades das equipas.


 

CAMP. NACIONAL 2ª DIVISÃO SENIORES - Z. NORTE - APUR.


 

FC PORTO “B” - CCR FERMENTÕES “A”


 

Duas equipas que se enfrentam pela terceira vez esta época, duas delas na fase regular da competição, agora este jogo é para a fase de apuramento, aquela que determina quem vai descer à 3ª divisão.


Estas duas equipas que à partida não estão no lote das que se encontram em situação de descida, no entanto quando faltam disputar 12 jornadas tudo pode acontecer, já que uma quebra pode tornar o que parece ser em negativo, por isso há que levar esta fase de apuramento jogo a jogo e ter um pouco de cuidado.


O jogo desta sexta-feira não foi positivo para os vimaranenses, pois praticamente nunca conseguiram estar dentro do jogo, principalmente a partir do 10-7, em que até ao intervalo ainda deixaram dilatar mais a diferença para os portistas, que foram para o descanso a vencer por 15-10.


A segunda parte, pouco ou nada trouxe de novo, com os portistas a vencer no final por 8 golos de diferença, 30-22.


Com esta derrota a equipa vimaranense conta com 22 pontos, estando em 5º lugar, entre 8 participantes, lembramos que no final descem os dois últimos classificados.


Na próxima jornada, a realizar no dia 14 de Abril, sexta-feira, a equipa vimaranense recebe a forte formação do FC Gaia.

 


CAMPEONATO NACIONAL 3ª DIVISÃO SENIORES - ZONA NORTE


 

AAP LANHOSO - SANTANA

 


Este campeonato nacional da 3ª divisão, 2ª fase, aquela que vai apurar os três clubes que na próxima época vão disputar a 2ª divisão nacional, por isso, num conjunto de 14 jogos há que conseguir o máximo de pontos, nomeadamente na situação de visitado a perda de pontos pode-se tornar fatal para as aspirações de subida de divisão.


O AAPL joga neste o seu segundo na situação de visitado, tendo vencido quando da recepção ao Académico do Porto, agora nova equipa da zona do Porto, o Santana.


Foi um jogo de um só sentido tal o domínio exercido pelo AAPL principalmente ao longo do 1º tempo, que assim chegou ao descanso com uma vantagem de 8 golos, 19-11.


Na 2ª parte, a equipa de Domingos Nunes continuou na frente, com o jogo a ser jogado com maior equilíbrio, pelo menos em termos de marcador, aliás neste 2º tempo o AAPL venceu com um parcial 19-18.


Com tudo isto, a equipa do AAPL venceu no final por elucidativos 38-19.


Esta vitória foi inteiramente merecida e justificada pelos comandados de Domingos Nunes, que assim, continuam o seu trajecto rumo a uma classificação que lhes permita ser um dos 3 primeiros no final desta zona norte do nacional da 3ª divisão e consequente subida de divisão.


Na classificação geral actual a equipa do AAPL está colocada em 4º lugar com 10 pontos, tantos quanto o CA Póvoa de Varzim e o Santana, e com menos um ponto dos lideres CPN, Académico do Porto e AA Coimbra.


Face a esta classificação geral pode-se concluir que tudo está em aberto, até porque as duas equipas que se encontram em 7º e 8º lugar, o Alavarium e o Feirense, têm menos 1 e 2 pontos respectivamente do 4º classificado, no caso, o AAPL.


 

CAMPEONATO NACIONAL 1ª DIV. JUNIORES - Z. NORTE - APUR.


 

XICO ANDEBOL - ABC/UMINHO


 

Novamente esta época a equipa júnior do Xico Andebol consegue vencer o ABC, isso já tinha acontecido na jornada inaugural da fase regular, essa vez aconteceu em Braga, hoje foi em Guimarães.


Estes jogos entre o ABC e o Xico Andebol nos escalões mais jovens têm sempre uma componente que os tornam de resultado imprevisível, mesmo podendo haver alguma diferença em termos de qualidades das equipas em presença.


Tudo isto é muito proveitoso para o Andebol, pois assim torna o espectáculo mais atraente e os resultados mais imprevisíveis.


O jogo de hoje teve uma primeira parte de domínio avassalador por parte do Xico Andebol que assim chegou ao intervalo a vencer por 20-13.


Na 2ª parte o ABC conseguiu reduzir, pois também corrigiu alguns erros cometidos durante os 30 minutos iniciais, no entanto o Xico Andebol venceu no final por 3 golos de diferença, 32-29.


Com este resultado o Xico Andebol continua atrás do seu objectivo de manutenção, certo que este resultado foi importantíssimo para ajudar os vimaranenses a no final desta fase estarem entre os maiores dos juniores portugueses na próxima época.


O ABC que vinha da fase regular com uma margem muito grande face aos seus adversários está neste momento em 1º lugar desta fase de apuramento.


 

CAMPEONATO NACIONAL 2ª DIVISÃO JUNIORES - ZONA NORTE


 

AC FAFE - ALAVARIUM


 

Jogo importante para definir um pouco as possibilidades do AC Fafe nesta prova, pois uma vitória neste jogo poderia ter lançado os fafenses para outros voos, mas isso não aconteceu poi perdeu, pela diferença mínima este jogo 29-30.


O jogo foi extremamente equilibrado com muitas alternâncias no marcador ao longo do mesmo, ao intervalo a equipa aveirense vencia por 14-16.


Na 2ª parte o jogo continuou com as mesmas características, para no final a equipa do Alavarium vencer pela margem mínima.


Com este resultado parece-nos que o AC Fafe terá muitas dificuldades de subir de divisão, certo que em termos matemáticos tudo é possível e ainda falta muitas jornadas para o seu final.


 

CAMPEONATO NACIONAL DE VETERANOS MASCULINOS


 

MACIEIRA - XICO/CLÁSSICOS GUIMARÃES


 

Jogo para cumprir calendário, este entre o Macieira e o Xico Andebol/Clássicos de Guimarães, pois apuram-se duas equipas de cada zona, para a fase seguinte de qualificação, para o nacional de veteranos, sendo que os vimaranenses já conseguiram o passaporte para essa mesma fase, enquanto a equipa do Macieira vai disputar a fase de apuramento.


O Xico Andebol com esta vitória conseguiu uma prova limpa em termos de vitórias, ou seja, 6 vitórias em 6 jogos.


Assim, o Xico/Clássicos de Guimarães apurou-se para a fase seguinte juntamente com Gondomar, aos quais se juntam o Masters e o AA S. Mamede, para destas quatro equipas, depois de disputarem um campeonato a duas voltas de todos contra todos, se apurarem as duas primeiras equipas classificadas para a fase final do nacional de veteranos.


No jogo deste fim de semana, o último desta fase, a equipa do Xico/Clássicos de Guimarães venceu sem dificuldades por 14-23, ao intervalo já comandava o marcador por 8-14.


Foi uma vitória natural da melhor equipa.



 

PR 21 - CAMP. REGIONAL SENIORES MASCULINOS - AAPORTO


 

FC INFESTA - CCR FERMENTÕES “B”


 

Em jogo a contar para o torneio de encerramento do campeonato de seniores masculinos, para equipas não apuradas para o nacional, o CCR Fermentões deslocou-se a S.M. Infesta para defrontar a equipa local do FC Infesta, tendo sido derrotado pela margem mínima 29-28.


Com uma primeira parte extremamente equilibrada, a equipa do CCR Fermentões saiu para o intervalo em igualdade de golos 14-14.


Na segunda parte continuou o equilíbrio, com os locais a saírem vencedores pela margem mínima 29-28.



PLAY OFF - CAMPEONATO NAC. 1ª DIVISÃO FEMININA - ¼ FINAL


 

MAIASTARS - ALAVARIUM


 

O Maiastars jogava em casa a 1ª mão do Play Off com o Alavarium.


É voz corrente que quem perde por 7 golos de diferença, nada terá a dizer.


O Maiastars perdeu por 13-20.


Mas… tem muito a dizer !!!


Este jogo teve de quase tudo.


Primeiro, o ataque do Maiastars teve muitas dificuldades para chegar à baliza do Alavarium.


Depois os critérios raramente foram uniformes num jogo que não correu da melhor forma à equipa de arbitragem.


Sem critério no jogo passivo, nos livres de 7 metros, nas faltas do atacante.

Decisões erradas…


Mas quanto a isso, houve observador oficial da Federação de Andebol de Portugal.

Depois queixam-se do abandono precoce no feminino…


Pois se no Play Off final não há credibilidade para quem trabalha todos os dias um ano inteiro, estão à espera que as atletas se mantenham na modalidade muito tempo?


Mesmo antes do jogo acabar uma jogadora das visitantes que tinha sido desqualificada entra por uma das portas do pavilhão presumidamente para agredir alguém. Foi prontamente e durante largo tempo impedida por quase todos os elementos do banco da sua equipa tal a “impetuosidade” demonstrada, tirando-a de campo com a passividade e espanto de todos, inclusive da equipa de arbitragem.


Pergunta-se? A quem iria presumidamente “bater”? Aos árbitros, adversárias?


Ficamos sem saber…


Por último o Maiastars apresentou declaração de protesto deste jogo.


Uma pergunta face ao regulamento específico de segurança para estes jogos?


Estarão as condições de segurança asseguradas para a equipa do Maiastars jogar a 2ª mão em Aveiro?


Andebol: 33 golos


 


CAMPEONATO NACIONAL JUNIORES FEMININOS - ZONA NORTE


 

MAIASTARS - AA DIDÁXIS A2D


 

Jogo de um só sentido, com a equipa do Maiastars a ter uma cadencia muito forte em termos de ataque e defesa, conseguindo por isso um resultado que não deixa margem para quaisquer dúvidas da sua superioridade.


Ao intervalo a equipa maiata vencia por 26-04, para no final o marcador assinalar 53-10, a favor do Maiastars.


 

PR18 - CAMP. REG. SENIORES FEM. - 2ª DIV. - AAPORTO


 

AC VERMOIM - PEDRAS RUBRAS


 

O AC Vermoim continua a sua boa prestação neste campeonato de seniores femininos, com mais uma vitória face ao Pedras Rubras.


O jogo de hoje teve um AC Vermoim superior ao seu adversário, ao intervalo vencia pela margem mínima 13-12.


Na 2ª parte a equipa do AC Vermoim foi mais forte e incisiva e venceu as adversárias por 28-21.


Na equipa do AC Vermoim há a referir os 7 golos apontados por Melanie Oliveira e Viviana Carneiro.


Na equipa do Pedras Rubras os 7 golos apontados por Maria Pereira e Catarina Silva foram os fatos mais relevantes da equipa.


 

PR17 - CAMP. REG. JUNIORES FEM. - 2ª DIV. - AAPORTO


 

BALTAR - CALLIDAS CLUB


 

Num jogo a contar para o campeonato regional de juniores femininos da 2ª divisão, entre o Baltar e o Callidas Club, a equipa de Vizela teve uma má prestação na 1ª parte, altura que o resultado se cifrava nos 17-05.


Na 2ª parte corrigiu o que de mal tinha corrido nos primeiros 30 minutos e consegue que o resultado não tivesse dilatado mais, assim, no final o marcador assinalava 27-16, a favor do Baltar.

 


 

INSERIR COMENTÁRIO  
Nome
Email
Titulo
Mensagem
COMENTÁRIOS  
NOVIDADES SOBRE ARBITRAGEM
NOMEAÇÕES
ver nomeações
QUADROS
Quadros de Arbitragem da Associação de Andebol de Braga
OUTRAS INFORMAÇÕES
mais informações sobre a arbitragem
DESTAQUES / NOVIDADES
Notícias
Comunicados

CLUBES / SELECÇÕES
Clubes
Selecções

ARBITRAGEM
Quadros
Nomeações
Outras Informações
TAGS
Associação
Andebol
Braga
Federação
Portuguesa
Notícias
Arbitragem
Classificações
Resultados
Clubes
Selecções
Regras
Formação
Bem vindo visitante n. 5669176


2017 © Todos os direitos reservados a Associação de Andebol de Braga

WEB & DEV BY . KUATTROdesign.com